12/13/2018, Quinta-Feira
barra barra
Governo do Ceará

Órgãos Vinculados

Acesso Rápido

Do que você precisa?

Telefones Úteis

voltar imprimir
Aumentar texto Diminuir texto
Galeria de Secretários

1950 à 1979

JOSÉ CLODOVEU DE ARRUDA COELHO 1950 – 1951
Nasceu em Sobral, Ceará, a 15 de setembro de 1884. Filho de Esmirino do Monte Coelho e Edelvina de Arruda Coelho.
Bacharel em Direito pela Faculdade de Direito do Ceará, em 1908. Nomeado Promotor de Justiça de Sobral, ascendeu ao cargo de Juiz Municipal de Sobral que exerceu até 1937.
Deputado Estadual em 1946, sendo convocado no governo Faustino de Albuquerque para assumir o cargo de Secretário do Interior e Justiça no período de 1946 – 1950.
No exercício do cargo de Secretário, ocupou diversas pastas, dentro as quais a da Fazenda.
 
CARLOS BARBOSA 1951 – 1954
Nasceu em Fortaleza, Ceará, a 5 de fevereiro de 1910. Filho de Martiniano Barbosa e Altina de Souza Barbosa.
Diplomado como Guarda-Livros pela Escola de Comércio Fênix Caixeiral de Fortaleza. Nomeado Contador-Adjunto da Diretoria do Imposto de Renda do Recife em 1934.
Nomeado em 1936 Contador-Adjunto da Diretoria do Imposto de Renda na Delegacia Regional de Salvador. Designado em 1938 para Chefe de Seção da Delegacia de Imposto de Renda do Ceará. Designado em 1942 para servir como Delegado Regional do Imposto de Renda em Belém. Transferido em 1943 para a Delegacia do Imposto de Renda em São Paulo.
Nomeado em 1944 Delegado Regional em Fortaleza, assumiu em 1951 a Secretaria Estadual de Fazenda. Transferiu-se para o Rio de Janeiro em 1954 como Agente-Fiscal do Imposto de Renda do Ministério da Fazenda.
 
ARI DE SÁ CAVALCANTE 1954 – 1955
Nasceu na cidade de Jucás, Ceará, a 26 de agosto de 1918. Filho de João de Sá Cavalcante, Coletor Estadual e Raimunda Rabelo de Sá Cavalcante.
Bacharelou-se pela Faculdade de Direito do Ceará em dezembro de 1939. Ainda estudante universitário, foi Professor de Matemática e Português em diversos colégios de Fortaleza. Ensinou nos Cursos da Campanha de Aperfeiçoamento do Ensino Secundário, nos anos de 1959 a 1962, em Fortaleza, Maceió, Curitiba e Belo Horizonte. Em 1944, através de Concurso Público, ingressou no Magistério Militar como Professor de Matemática da Escola Preparatória de Cadetes de Fortaleza (atual Colégio Militar). Professor da Faculdade Estadual de Ciências Econômicas, por Concurso Público. Em 1961, assumiu o cargo de Diretor. A Faculdade federalizou-se na sua administração, integrando-se à UFC. Implantou em Fortaleza, o CAEN – Centro de Aperfeiçoamento de Economistas do Nordeste e o Curso de Pós-Graduação. Secretário da Fazenda no Governo Raul Barbosa, sendo também Secretário, no Ceará do PSD – Partido Social Democrático.
 
ALFREDO BRASIL MONTENEGRO 1955 – 1959
Nasceu em Fortaleza, Ceará, a 05 de junho de 1898. Filho de Cassemiro Ribeiro Montenegro e Maria Emília Ribeiro Montenegro.
Cursou o Colégio Castelo Branco onde concluiu o curso secundário.

Cargos que ocupou:

  • Assistente de Delegado Fiscal em São Paulo;
  • Delegado Fiscal em São Paulo;
  • Delegado Fiscal na Paraíba;
  • Delegado Fiscal no Ceará, durante 14 anos;
  • Delegado do Imposto de Renda no Ceará;
  • Guarda Mor da Alfândega no Ceará;
  • Inspetor da Alfândega no Ceará;
  • Secretário da Fazenda do Ceará no governo do Dr. Paulo Sarasate.
 
RAIMUNDO RENATO DE ALMEIDA BRAGA 1959-1959
Nasceu no Seringal, Vitória – Cruzeiro do Sul, do antigo Território e atual Estado do Acre. Filho de Antônio Bruno de Almeida Braga e Maria José Rosas Braga.
Em 1924 matriculou-se na Escola de Agronomia do Ceará, colando grau em 1927 como Engenheiro Agrônomo. Por ato de 28 de março de 1938, foi nomeado Diretor da Escola de Agronomia, contando com o apoio decisivo do Dr. Martins Rodrigues, Secretário da Agricultura e Obras Públicas, para modernização da Escola. Instalou laboratórios e gabinetes de Química, Física, Minerologia, Geologia, Zoologia, Botânica, Zootecnia. Oportunizou estágios para os professores no Sul do País, em estabelecimentos de pesquisa. A convite do Interventor Federal Dr. Pedro Firmeza, assumiu em 1945 o cargo de Secretário dos Negócios da Agricultura e Obras Públicas, conservando-se neste até sua desincompatibilização para concorrer às eleições a Constituinte Estadual.
Em sua gestão como Secretário da Agricultura foi criado o Departamento Estadual de Estradas de Rodagem.
Filiado ao antigo PSD (Partido Social Democrático), foi Deputado Estadual por duas legislaturas (1946 a 1954), participando da elaboração da Constituição Estadual de 1947. Em abril de 1959, no governo Parsifal Barroso, foi convidado para Secretário da Fazenda, quando equilibrou as finanças Estaduais. Junto à Universidade Federal do Ceará criou o Instituto de Zootecnia, objetivando uma política de desenvolvimento da pecuária e das indústrias correlatas. Na gestão do magnífico Reitor Antônio Martins Filho, referida Instituição foi instalada, sendo nomeado Renato Braga como seu Diretor.

Obras Publicadas:

  • "Plantas do Nordeste, Especialmente do Ceará";
  • "História da Comissão de Exploração";
  • "Dicionário Histórico e Geográfico do Ceará", além de vários trabalhos publicados na Revista do Instituto do Ceará e na Revista da Academia Cearense de Letras.
 

HUGO DE GOUVEIA SOARES PEREIRA 1959 – 1962
Nasceu em Fortaleza, Ceará, a 22 de fevereiro de 1917. Filho de Manoel Soares Pereira e Débora Helena de Gouveia Soares Pereira. Advogado em Fortaleza e no antigo Distrito Federal (1940/1964).

Cargos que ocupou:

  • Consultor Jurídico e Procurador do Instituto Nacional do Sal, Rio de Janeiro (1949/1964);
  • Deputado à Assembléia Legislativa do Ceará nas Legislaturas de 1955, 1959, 1963;
  • Secretário da Fazenda no governo Parsifal Barroso (1959/1962);
  • Secretário de Educação e Cultura no governo Virgílio Távora (1963/1964);
  • Secretário do Interior e Justiça nos governos Adauto Bezerra e Waldemar Alcântara;
  • Conselheiro do Tribunal de Contas do Ceará, do qual foi Presidente (1971/1974);
  • Conselheiro do Conselho de Educação do Ceará (1987/1993).
 

MANUEL CARLOS DE GOUVEIA SOARES PEREIRA 1962 – 1963
Nasceu em Fortaleza, Ceará, a 17 de abril de 1923. Filho de Manuel Soares Pereira e Débora de Gouveia Soares Pereira.
Técnico em Administração, exerceu em 1959/1962, o cargo de Diretor da Fiscalização das Rendas Estaduais. Foi Secretário dos Negócios da Fazenda e Secretário de Saúde.
Respondeu interinamente pela Secretaria da Educação e Cultura.

  • Membro do Conselho Fiscal do Fundo de Desenvolvimento do Ceará – FDC (1966/1971);
  • Presidente do Conselho Fiscal do Fundo de Desenvolvimento do Ceará – FDC (1967/1971);
  • Membro titular do Conselho Fiscal das Centrais de Abastecimento do Ceará – CEASA (1971/1975);
  • Coordenador da Assessoria Financeira, Econômica e de Planejamento Administrativo da Secretaria da Fazenda;
  • Respondeu interinamente pela Secretaria da Fazenda nos anos: 1971, 1976, 1977, 1978 e 1979, por afastamentos do titular.
 
EDSON AMÂNCIO RAMALHO 1963 – 1964
Nasceu na Paraíba, João Pessoa, em 1912.
Ingressou no Exército, devotando a maior parte de sua vida à carreira militar, chegando ao Posto de General.
Foi Secretário de Polícia e da Fazenda na Paraíba, sendo também Comandante da Polícia Militar e Diretor da Companhia de Eletrificação.
Diretor do Banco do Estado da Paraíba.
A convite do Governador Virgílio Távora, assumiu no dia 26 de março de 1963, a Pasta da Fazenda no Ceará, reestruturando-a totalmente, impulsionando a arrecadação, controlando as despesas, criou uma base para a estabilidade financeira do Ceará.
 
FRANCISCO DE ASSIS ARAÚJO BEZERRA 1964 – 1966
Nasceu na cidade de Sapé, Paraíba, em 04 de outubro de 1910. Filho de Sinésio Ribeiro de Araújo Bezerra e Umbelina da Motta Bezerra.
Matriculou-se na Escola Militar de Realengo, em março de 1931. Exerceu vários Comandos e foi Chefe de Infantaria na Escola Militar de Realengo e da Academia Militar de Agulhas Negras.
Participou ativamente da Revolução de 1930, como militar, testemunhando a prisão de Juarez Távora.
Foi transferido para a Reserva do Exército como General.
Criou, organizou e presidiu a Sociedade de Economia Mista Eletro Cariri, na Paraíba. Gerenciou várias Empresas Privadas.

Cargos públicos que ocupou:

  • Secretário da Fazenda nos governos Virgílio Távora e Adauto Bezerra;
  • Chefe do Serviço Estadual de Informações no governo César Cals de Oliveira Filho.

Agraciado com várias medalhas, dentre estas:

  • Bronze, prata e ouro, de bons serviços de guerra;
  • Ordem do Mérito Militar;
  • Medalha do pacificador;
  • Honra ao Mérito da Receita Federal,
  • Mérito Legislativo;
  • Do Tricentenário da Restauração Pernambucana.
 
LUIZ CRISPIM DE SOUSA 1966 – 1967
Nasceu na cidade de Umari, Ceará, a 06 de abril de 1927. Filho de Lucas Evangelista de Sousa e Emília Crispim de Sousa.
Bacharel em Ciências Contábeis pela Universidade Federal do Ceará – UFC, em 1964.
Bacharel em Direito pela Universidade Federal do Ceará – UFC, em 1980.
Funcionário Público Estadual da Secretaria da Fazenda.

Cargos que ocupou:

  • Professor Titular da Universidade Estadual do Ceará – UECE;
  • Secretário da Fazenda, no Governo Plácido Castelo;
  • Secretário do Trabalho, no Governo Plácido Castelo;
  • Chefe da Casa Civil, no Governo Plácido Castelo.
 
ABIMAEL CLEMENTINO FERREIRA DE CARVALHO 1967 – 1968
Nasceu em Oeiras, antiga capital do Estado do Piauí, a 19 de dezembro de 1909.
Na vida militar serviu nas guarnições do Rio de Janeiro, Campinas, Estado de São Paulo, Uruguaiana, Rio Grande do Sul, Recife, Pernambuco e Fortaleza, por três períodos, sendo o último de 1957 a 1963, quando passou para a reserva.

Na vida civil exerceu os seguintes cargos:

  • Diretor da Companhia de Transportes Coletivos;
  • Secretário de Finanças da Prefeitura de Fortaleza;
  • Secretário do Estado dos Negócios da Fazenda do Estado do Ceará;
  • Presidente da Fundação Cearense de Meteorologia e Chuvas Artificiais – FUNCEME.

Agraciado com várias medalhas, dentre estas:

  • Medalha de Ouro;
  • Medalha de Guerra;
  • Medalha do Pacificador e pertenceu á Ordem do Mérito Militar no grau de Cavaleiro;
  • Medalha do Mérito Cultural, "Visconde da Parnaíba".

Dedicou os últimos anos de sua vida na elaboração do livro: "Família Coelho Rodrigues – Passado e Presente".

 
ELISEU DE SOUSA PEREIRA 1968 – 1969
Nasceu em Fortaleza, Ceará, a 13 de fevereiro de 1915. Filho de Argemiro de Sousa Pereira e Maria Nunes Pereira.
Diplomado pela Escola de Comércio Fênix Caxeiral, em 1933, cursou a Faculdade de Ciências Econômicas do Ceará, bacharelando-se em 1946. Freqüentou vários cursos e seminários sobre Comércio Exportador, Legislação Tributária, Contabilidade, dentre outros.
Professor de Contabilidade da Escola Técnica de Comércio Carlos de Carvalho.
Exerceu a Presidência da Companhia de Desenvolvimento Econômico do Ceará – CODEC, transformada em Banco de Desenvolvimento do Ceará – BANDECE.
Foi Secretário da Fazenda no Governo Plácido Aderaldo Castelo.
Diretor Técnico e Contador da Organização J. Aquino Alencar Comércio S/A.
Presidente da União das Classes Produtoras do Ceará e 1º Vice-Presidente da Federação do Comércio do Estado do Ceará.
Assessor Técnico da Junta Comercial do Estado do Ceará – JUCEC.
Assessor Administrativo da Federação das Associações do Comércio, Indústria e Agropecuária do Ceará – FACIC.
 
EDILSON MOREIRA DA ROCHA 1969 – 1970
Nasceu em Fortaleza, Ceará, a 15 de agosto de 1925. Filho de Estevão Moreira da Rocha e Amália Moreira da Rocha.
Estudou no Liceu do Ceará, na Escola Preparatória de Fortaleza e Academia Militar de Agulhas Negras.
Coronel de Infantaria do Exército Brasileiro, assumiu o Subcomando do CPOR, Comando do 23BC, entrando para a Reserva em 1965 como Coronel.

Cargos que ocupou:

  • Secretário de Polícia do Estado do Ceará (1967/1968);
  • Secretário da Fazenda (1969/1970);
  • Coordenador Regional do INCRA, abrangendo Ceará, Piauí e Maranhão (1974/1975);
  • Secretário de Segurança Pública do Estado do Ceará (1975/1979);
  • Presidente do Conselho Estadual de Trânsito – CETRAN (1977/1979);
  • Diretor de Suprimento da COELCE (1979/1983);
  • Diretor Presidente da CEPESCA.
 
CLÁUDIO MARTINS 1970 – 1971
Nasceu em Barbalha, Ceará. Filho de Antônio Martins de Jesus e de Antônia Leite Martins.
Bacharel em Ciências Jurídicas e Sociais pela Faculdade de Direito da Universidade Federal do Ceará. Doutor em Ciências Econômicas pela UFC. Professor de Direito Notorial do Curso de Direito da UFC. Professor de Técnica Fiscal do curso de Especialização em Contabilidade Pública e Técnica Fiscal, mantido pelo Estado.

Cargos que ocupou:

  • Secretário de Estado dos Negócios do Governo e Administração (Governo Flávio Marcílio, 1957);
  • Secretário de Educação e Saúde (Governo Flávio Marcílio);
  • Secretário da Fazenda (Governo Plácido Castelo);
  • Presidente do Conselho de Educação do Ceará;
  • Presidente da Academia Cearense de Letras;
  • Medalha Clóvis Beviláqua (Governo Federal);
  • Medalha Thomaz Pompeu (ouro), Academia Cearense de Letras.
  • Medalha Barão de Studart (Instituto do Ceará);
  • Placa Senador Pompeu (prata e ouro), outorgada pela Secretaria da Cultura e Instituto Lusíadas (CE) por serviços relevantes no ano de Alencar.

Publicações:

  • Introdução do estudo das Finanças Públicas. Fortaleza, Imprensa Universidade do Ceará, 1970 (prêmio Clóvis Beviláqua);
  • Poemas – Fortaleza, Edições Clã, 1962;
  • 30 poemas para ajudar Fortaleza, Imprensa Universitária, 1969;
  • O Problema Educacional Brasileiro – Fortaleza, Imprensa Universitária, 1973;
  • Fazenda Nacional – Fortaleza, Ed. Fortaleza, 1942.
 

JOSÉ MAURO CASTELO BRANCO SAMPAIO 1971-1971
Nasceu em Fortaleza, Ceará, a 10 de julho de 1927. Filho de Leão Sampaio e Odorina Castelo Branco Sampaio.
Formado em Medicina pela antiga Universidade do Distrito Federal.

Cargos que ocupou:

  • Diretor do Hospital e Maternidade São Lucas(Juazeiro do Norte – Ce);
  • Médico junto a Delegacia de Saúde Federal – 3a Região no Ceará.
  • Estágio no Hospital do Câncer do Rio de Janeiro;
  • Prefeito Municipal de Juazeiro do Norte – Ce (1967/1970);
  • Secretário da Fazenda do Estado do Ceará;
  • Secretário de Planejamento do Estado do Ceará (1970);
  • Deputado Federal pelo Ceará (1974/1977);
  • Deputado Federal pelo Ceará (1982/1985);
  • Deputado Federal pelo Ceará (1986/ 1989);
  • Deputado Federal pelo Ceará ( 1990/1993).

Membro das seguintes Comissões na Câmara Federal:

  • Vice- Presidente da Comissão de Saúde;
  • Suplente da Comissão de Constituição e Justiça;
  • Membro da Comissão das Relações Exteriores.
 
JOSBERTO ROMERO DE BARROS 1971-1975
Nasceu em Itapipoca, Ceará, a 24 de junho de 1927. Bacharel em Ciências Jurídicas e Sociais pela UFC. Diploma do Curso de Política e Administração Aduaneira – Escola Interamericana de Administração Pública da Fundação Getúlio Vargas.

Cargos que ocupou:

  • Fiscal de Tributos Federais, Assessor da Superintendência;
  • Secretário do Governo e Administração – Ceará (1962/1963);
  • Secretário de Saúde e Assistência (Interino), (1963);
  • Secretário da Agricultura e Obras Públicas (Interino), (1963);
  • Presidente da Companhia do Desenvolvimento Econômico do Ceará;
  • Delegado Federal de Agricultura no Ceará (1979/1985);
  • Chefe de Seção de Pesquisa e Orientação da Divisão de Fiscalização da SRRF (1986);
  • Secretário dos Negócios da Fazenda do Ceará (1971/1975);
  • Chefe do Planejamento Econômico e Programação Financeira da Empresa Mercantil São José S.A – Ce, Cadeia de Supermercados;
  • Jornalista Colaborador do "O Povo".
 
FRANCISCO DE ASSIS ARAÚJO BEZERRA 1975 - 1979
Nasceu na cidade de Sapé, Paraíba, em 04 de outubro de 1910. Filho de Sinésio Ribeiro de Araújo Bezerra e Umbelina da Motta Bezerra.
Matriculou-se na Escola Militar de Realengo, em março de 1931. Exerceu vários Comandos e foi Chefe de Infantaria na Escola Militar de Realengo e da Academia Militar de Agulhas Negras.
Participou ativamente da Revolução de 1930, como militar, testemunhando a prisão de Juarez Távora.
Foi transferido para a Reserva do Exército como General.
Criou, organizou e presidiu a Sociedade de Economia Mista Eletro Cariri, na Paraíba. Gerenciou várias Empresas Privadas.

Cargos públicos que ocupou:

  • Secretário da Fazenda nos governos Virgílio Távora e Adauto Bezerra;
  • Chefe do Serviço Estadual de Informações no governo César Cals de Oliveira Filho.

Agraciado com várias medalhas, dentre estas:

  • Bronze, prata e ouro, de bons serviços de guerra;
  • Ordem do Mérito Militar;
  • Medalha do pacificador;
  • Honra ao Mérito da Receita Federal,
  • Mérito Legislativo;
  • Do Tricentenário da Restauração Pernambucana.



SEFAZ - Secretaria da Fazenda
Av. Alberto Nepomuceno, 02 - Centro, Fortaleza-CE CEP: 60055-000 - Call Center (85) 3108-2200 - Ver localização no mapa

© 2017 - Governo do Estado do Ceará. Todos os direitos reservados.