PortugueseEnglishSpanish
PortugueseEnglishSpanish

Gestores da Sefaz conhecem tecnologias usadas pela SSPDS contra o crime

8 de maio de 2019 - 19:40 # # # #

Gestores da Secretaria da Fazenda do Ceará (Sefaz-CE) visitaram, nesta quarta-feira (08/05), a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Estado do Ceará (SSPDS/CE) para conhecer as ferramentas tecnológicas que estão sendo utilizadas para reduzir os índices de violência no Estado.

Uma das soluções apresentadas pelo titular da SSPDS, André Costa, foi o Big Data “Odin”, sistema capaz de analisar, em alta velocidade, cerca de 3 mil tipos diferentes de dados, que ficam à disposição dos gestores por meio de um painel analítico chamado Cerebrum. A tecnologia foi criada pela Universidade Federal do Ceará (UFC), juntamente com a Polícia Rodoviária Federal (PRF) e a SSPDS.

O professor doutor da UFC e integrante do grupo que desenvolveu o Big Data, José Antônio Macêdo, disse que a ferramenta é um suporte, mas não resolve sozinha os problemas. “É preciso estratégia. O sucesso desse projeto se deve às parcerias”, ressaltou.

A secretária da Fazenda, Fernanda Pacobahyba, elogiou o trabalho que vem sendo desenvolvido pela SSPDS e demonstrou interesse em compartilhar a solução tecnológica visando o combate da sonegação fiscal. ”A parceria que estamos construindo com a SSPDS e a UFC, certamente, trará resultados expressivos para o nosso Estado. A segurança pública é um case de sucesso e a Sefaz já tem bastante maturidade em Tecnologia da Informação. Essa troca só pode ser exitosa”, enfatizou.

O grupo também conheceu a estrutura da Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops), que recebe cerca de 16 mil ligações por dia e integra 13 órgãos de atendimento emergencial, como Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Polícia Civil, Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), entre outros.

Participaram ainda do encontro a secretária executiva de Planejamento e Gestão Interna da Sefaz, Sandra Machado; o titular da Superintendência de Pesquisa e Estratégia de Segurança Pública (Supesp), Aloísio Vieira Lira; e cerca de quinze gestores fazendários.