PortugueseEnglishSpanish
PortugueseEnglishSpanish

Comitiva de Roraima visita Sefaz para conhecer processo de integração à Redesim

5 de setembro de 2019 - 16:50 # # # #

A Secretaria da Fazenda do Ceará (Sefaz-CE) recebeu, nesta quinta-feira (05), uma comitiva de Roraima com o objetivo de conhecer o processo de integração do órgão à Rede Nacional para a Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios (Redesim). Na visita técnica, representantes da Secretaria de Estado da Fazenda de Roraima (Sefaz-RR), da Secretaria Municipal de Economia, Planejamento e Finanças (SEPF) de Boa Vista, da Fundação Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Femarh), do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e de outros dez municípios roraimenses conferiram de perto as boas práticas aplicadas no Ceará.

Durante o encontro, foram apresentados os fluxos do processo de abertura de empresas realizado pela Secretaria. De 1º de agosto deste ano – data em que teve início a solicitação online do Cadastro Geral da Fazenda (CGF) – até o momento, já foram deferidos mais 4,5 mil pedidos de inscrição estadual. Segundo a secretária da Fazenda, Fernanda Pacobahyba, o novo serviço digital diminui os custos, o tempo e a burocracia na concessão de registros estaduais. “A medida traz mais agilidade aos processos e comodidade aos contribuintes. É um passo extraordinário para nós”, afirmou.

Para o coordenador de Atendimento e Execução da Sefaz, Raimundo Frutuoso Júnior, é um prazer mostrar como funcionam os procedimentos. “Estamos muito felizes de passar a nossa experiência para Roraima. Sem a ajuda da secretária da Fazenda, não teríamos conseguindo implementar a inscrição estadual virtual. Ela apoiou a redução no número de diligências. De dez que eram feitas, vamos fazer apenas uma, dentro do prazo máximo de 72 horas. Concederemos a inscrição, e depois fiscalizaremos o quanto for necessário. É uma inovação enorme. Para abrir um negócio, você vai gastar menos dinheiro”, observou.

A analista da Sefaz de Roraima, Onete Diniz, disse que o órgão em que trabalha aderiu recentemente à Redesim e precisa de apoio nessa fase inicial.“Nosso intuito é pegar o conhecimento que o Ceará tem para agregar nessa transição. A Sefaz de Roraima tem várias particularidades que fazem com que o processo ainda seja manual, mas a nossa TI (área de Tecnologia da Informação) está trabalhando para que utilizemos logo o web service, que vai facilitar muito nossa vida. Por isso, estamos à procura de parceiros que possam nos direcionar. Tá todo mundo empolgado para que esse sonho, de gerar uma inscrição estadual em 72 horas, aconteça”, ressaltou.

Nessa quarta-feira (04), o grupo esteve na Junta Comercial do Estado do Ceará (Jucec), onde assistiu a apresentações sobre a implantação da Redesim no Estado e conheceu o programa Fortaleza Online que foi apresentado pela Secretaria de Urbanismo e Meio Ambiente (Seuma) de Fortaleza. A presidente da Jucec, Carolina Monteiro, pontuou que a Rede possibilita maior organização e controle urbanístico nos municípios, sendo uma importante ferramenta de fomento ao empreendedorismos local.